Whatsapp Pay: saiba como enviar e receber dinheiro por este aplicativo

Já imaginou enviar dinheiro para a sua família e amigos por meio de um recurso do WhatsApp? Pois é, a função de transferência de dinheiro por este aplicativo já está disponível para todos os usuários do Brasil. 

Apesar de causar ainda muita desconfiança e receio, o WhatsApp Pay chegou de forma definitiva somente em maio deste ano, após a liberação formal do Banco Central. O anúncio do serviço aconteceu no ano passado, mas sua estreia foi suspensa por ordem de autoridades locais para avaliar a sua segurança e impactos no segmento de transferências monetárias no país.

Com a sua liberação, os usuários já podem cadastrar no aplicativo o cartão de débito ou conta bancária de qualquer instituição parceira.  Em breve, também será possível fazer doações e pagamentos a empresas. Saiba mais como funciona e como realizar um pagamento a seguir!

Como funciona o WhatsApp Pay?

Para processar suas transferências, o WhatsApp e o Facebook trabalham em parceria com o Facebook Pagamentos do Brasil, um provedor de serviço de iniciação de pagamento autorizado pelo Banco Central do Brasil. 

Para isso, criou-se o PIN do Facebook Pay para ter acesso – um código de seis dígitos usado para confirmar a sua identidade toda vez que desejar enviar dinheiro. Você também pode usar o recurso de biometria do seu celular, como reconhecimento de impressão digital.

O uso do serviço de pagamentos não muda a privacidade das suas mensagens e chamadas no WhatsApp. E os dados do seu cartão são protegidos com a criptografia padrão do setor e diversas camadas de seguranças. 

Quem pode usar?

Por enquanto, o serviço só está liberado para pessoas físicas usuárias do aplicativo de mensagens. A empresa já afirmou que haverá a opção de pagamento para pessoas jurídicas em breve. Não é preciso ter o contato salvo para fazer ou receber uma transferência no serviço.

Como configurar o serviço de pagamentos do WhatsApp? 

Para ter acesso ao serviço de pagamentos do WhatsApp é muito simples. Confira o passo a passo:

  1. Acesse seu WhatsApp.
  2. Clique em “Configurações” e selecione a opção “Pagamentos”.

  1. Acesse “Começar” e crie um PIN para o Facebook Pay.

  1. Cadastre o seu cartão de crédito ou débito e comece a transferir dinheiro com mais agilidade!

Caso a opção de pagamentos ainda não apareça disponível para você, é necessário atualizar o seu WhatsApp para a versão mais recente para habilitar o novo serviço.

Tem dúvidas? Confira o passo a passo completo aqui!

Como enviar dinheiro pelo WhatsApp Pay?

Depois de configurar o serviço de pagamentos em seu celular, você já pode começar a enviar e receber dinheiro dos seus amigos e familiares no WhatsApp, de forma muito simples e rápida:

  1. Abra a conversa com o contato para o qual você deseja enviar dinheiro e, em seguida, toque em Anexar > Pagamento.
  2. Insira o valor que você deseja enviar e um recado descrevendo o pagamento.

  • Se seu Facebook Pay já está configurado e verificado, toque em PAGAR. 
  • Use o Face ID ou Touch ID para confirmar seu PIN, ou insira seu PIN do Facebook Pay. 

Para ver os detalhes da transação basta clicar na mensagem de pagamento ou no histórico de pagamentos. Além disso, seu banco pode enviar um SMS de confirmação para você quando o pagamento for efetuado.

Como receber o dinheiro?

Após configurar o Facebook Pay, o dinheiro será transferido para a conta bancária associada com seu cartão de débito cadastrado. Para isso, você precisa ter um cartão emitido por um dos bancos participantes para poder aceitar o pagamento (confira a lista logo mais abaixo).

Saiba como adicionar uma forma de pagamento:

  1. Toque em Aceitar pagamento.
  2. Toque em COMEÇAR para configurar o Facebook Pay.
  3. Ao adicionar um cartão de débito emitido pelos bancos participantes, você poderá receber dinheiro. 

O pagamento precisa ser aceito em até 2 dias, após este prazo o pagamento retornará ao remetente. 

Quanto tempo demora para a transferência acontecer?

Segundo o WhatsApp, as transferências são rápidas e podem ser realizadas 24 horas por dia, 7 dias por semana.  A intenção é que futuramente a empresa faça uma integração do aplicativo de mensagens com o Pix.

Como saber se uma transação foi bem sucedida?

Você pode ver o status de cada transação diretamente em uma conversa e no seu histórico de pagamentos no WhatsApp. Quando um pagamento for bem sucedido, você verá o status “efetuado”. De acordo com o progresso da transação, você poderá visualizar outros status, como “solicitado”, “processando”, “pendente”, “não efetuado” e “expirado”. 

Quais são os bancos participantes?

Confira as bandeiras disponíveis abaixo, elas estão listadas ao lado do nome do banco:

  • Banco do Brasil: Visa
  • Banco Inter: Mastercard
  • Bradesco: Visa
  • Itaú: Mastercard
  • Mercado Pago: Visa
  • Next: Visa
  • Nubank: Mastercard
  • Sicredi: Mastercard, Visa
  • Woop, digital arm of Sicredi: Visa

Há cobranças de taxas?

O WhatsApp e o Facebook não cobram taxas quando você envia ou recebe dinheiro de amigos e familiares. Entretanto, seu banco pode cobrar taxas pelo uso de cheque especial e sua operadora pode cobrar taxas pelo uso de dados móveis. 

Como as cobranças aparecem no seu extrato bancário?

Quando você enviar ou receber dinheiro usando o Facebook Pay no WhatsApp, verá as cobranças ou depósitos na conta bancária associada ao cartão que utilizou. A descrição da transação vai começar sempre com “FBPAY” *WA” ou “FBPAY – W”.

Como seus dados são usados e compartilhados?

O WhatsApp e o Facebook coletam, armazenam com segurança e compartilham seus dados de integração.  Quando você se cadastra e usa o Facebook Pay, o Facebook e o WhatsApp coletam dados para finalidades limitadas. Além disso, o Facebook Pagamentos – entidade autorizada pelo Banco Central – compartilha dados das transações com as empresas do Facebook para habilitar e manter os pagamentos seguros e atender a exigências legais. 

Posso reverter uma transação?

Não existe a possibilidade de reverter uma transação caso o usuário for vítima de um golpe ou se por algum motivo fizer uma transferência errada para um contato desconhecido. Neste caso, a pessoa deve entrar em contato com quem recebeu a transferência para conseguir a devolução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Ao clicar em CADASTRAR, você CONSENTE em  receber comunicações por e-mail!