e-commerce

Quer saber como vender mais no e-commerce? Descubra agora!

Há alguns anos, quando o consumidor precisava adquirir um produto ou solicitar um serviço era necessário se deslocar até a empresa para finalizar o pedido. Apesar das vantagens que o modelo de negócio presencial oferece, atualmente muitos empreendedores têm percebido os benefícios que a internet pode proporcionar com o e-commerce.

Devido à expansão da internet e à valorização do marketing digital, estar presente no universo online se tornou (quase) tão importante como beber água. Isso porque, além de aproximar ainda mais os clientes, contribui diretamente com o crescimento do seu negócio e permite que mais pessoas conheçam a sua marca.

No entanto, para garantir que tudo saia de acordo com as expectativas, é preciso manter a atenção em alguns fatores que, quando levados em consideração, fazem toda a diferença no resultado final. Sendo assim, preparamos este artigo com o objetivo de mostrar para você como vender mais no e-commerce. Acompanhe a leitura para saber mais!

Capriche nas imagens dos produtos

Sem dúvidas, a imagem do produto é um dos primeiros itens a serem observados pelo cliente quando ele vai efetuar a comprar. Além de representar o primeiro contato entre ele e sua marca, uma boa imagem é capaz de atrair e convencer o consumidor a adquirir o item analisado.

Por esse motivo, comece a enxergar a imagem do seu produto como uma ferramenta importante que vai potencializar suas vendas. Logo invista em fotos de qualidade que foram tiradas de diferentes ângulos. Além disso, disponibilizar as informações de forma detalhada e mostrar as opiniões dos compradores anteriores, também ajuda (e muito) a despertar o desejo de compra do cliente.

Vale ressaltar que 66% dos empreendimentos online não utilizam imagens extras suficientes. Ou seja, as chances de estarem perdendo grandes oportunidades de vendas são altas, pois a falta de imagem afeta de forma negativa o indicador de qualidade.

Sendo assim, se você não quer fazer parte dessa estatística capriche nas imagens dos seus produtos. Afinal, essa é uma das formas mais eficientes de se diferenciar dos concorrentes e aumentar o índice de qualidade do seu site.

Detalhe bem as informações

Aliado às imagens de qualidade está o fornecimento detalhado das informações. Nas lojas físicas o consumidor tem a oportunidade de esclarecer suas dúvidas diretamente com o vendedor, analisar bem o produto, testar e, se quiser, até compará-lo com outros modelos disponíveis.

No e-commerce as coisas funcionam de maneira um pouco diferente, pois as lojas online não permitem esse contato direto entre empresa e consumidor. Por isso, as informações, aliadas a uma boa imagem, são a maneira mais eficiente de convencer o cliente de aquele produto vai atender às suas necessidades e, principalmente, que a empresa é de confiança.

Por isso, busque oferecer o máximo possível de informações e lembre-se de atualizar os dados sempre que houver uma alteração, a fim de evitar que o consumidor desista de fechar o negócio.

Uma loja virtual que não oferece informações completas, imagens de qualidade e organização dificilmente vai conseguir atrair alguém, já que seria a mesma coisa de uma loja física sem vitrine. Isso significa que nenhum consumidor vai depositar confiança no seu produto.

Isso provoca como consequências a queda das vendas, abandono de carrinho, avaliação baixa e muitas reclamações de clientes insatisfeitos. E não para por aí! Devido ao compartilhamento rápido das informações, o ranqueamento do site no Google é afetado negativamente prejudicando, assim, a sua aparição nos buscadores de pesquisa e impedindo que novas pessoas visualizem a sua marca.

Portanto, por mais desanimador que seja atualizar todos os itens presentes na loja, existem ferramentas que podem ajudá-lo a superar esses obstáculos. Por isso, tenha em mente que um site bem-apresentado com informações claras e perfil amigável é um dos primeiros passos para garantir o aumento das suas vendas.

Aposte nas técnicas de SEO

Conhecido pela sua função principal que é a otimização de sites, o SEO (Search Engine Optimization), se tornou uma ferramenta importante para aumentar os acessos às lojas virtuais. Isso, porque ele reúne um conjunto de estratégias e técnicas que permitem que o site da marca tenha uma melhor posição nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, como Google.

Por isso, as técnicas de SEO se tornaram ferramentas importante para as lojas virtuais. Em razão disso, a escolha da plataforma que será utilizada deve ser feita com bastante cuidado. Afinal, ela será a base do seu negócio. Por isso, é fundamental que o empreendedor procure um fornecedor de confiança, que ofereça soluções otimizadas, a fim de garantir que a sua marca tenha relevância nos buscadores orgânicos.

Além disso, quando se pensa nas estratégias de marketing como uma ferramenta para atrair os clientes certos e, assim, gerar bons resultados é fundamental que as palavras-chave sejam bem selecionadas, pois elas estarão presentes:

  • na URL;
  • no título;
  • na meta description;
  • nas imagens;
  • e heading tags

Lembrando que existem outros problemas, como links quebrados e velocidades de carregamento, que, na maioria das vezes, passam despercebidos, mas são levados em consideração no ranqueamento do Google. Então fique atento a isso, ok?

Faça uso das estratégias de recuperação de carrinho

Uma das vantagens que as plataformas online oferecem para o gestor é a possibilidade de ele ter em mãos todas as informações referentes à movimentação dos seus clientes na loja. Sendo assim, quando bem utilizados, esses dados se tornam essenciais para ajudá-lo a direcionar melhor sua oferta.

Essa é a principal proposta das estratégias de remarketing, que consiste em utilizar de forma correta os dados obtidos para alcançar os clientes certos, de modo a aumentar o índice de conversão da loja e reduzir as taxas de abandono de carrinhos.

Aliás, o abandono de carrinho é uma ação que deve ser observada constantemente, a fim de identificar as principais causas para isso estar acontecendo e o que pode ser feito para corrigi-las. De forma geral, os motivos mais comuns são:

  • valores do frete muito altos;
  • dificuldade de realizar o pagamento;
  • prazo de entrega muito longo;
  • falta de informação.

Nesse caso, além de buscar meios de corrigir essas falhas, você pode enviar para o cliente uma notificação via e-mail lembrando-o de que o processo de compra não foi finalizado. Se possível, é ideal que a mensagem seja enviada com um link que o direcione diretamente para o carrinho.

Lembrando que as mensagens deve ser personalizadas de acordo com o perfil do cliente, além de incluir o nome, é ideal que elas tenham: formas de pagamento, opções de entrega e porcentagem do desconto (caso seja uma venda promocional). Esses detalhes fazem com que o consumidor se sinta motivado a finalizar a compra, aumentando, assim, a taxa de conversão.

Por meios dessas dicas, percebemos que vender mais no e-commerce é totalmente possível, desde que o gestor saiba utilizar as ferramentas corretas. Por isso, investir nesse modelo de negócio pode ser uma alternativa bastante vantajosa para a sua empresa, pois aumentará a visibilidade da marca e alcançará os clientes certos.

O que você achou deste artigo? Deixe sua opinião aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Ao clicar em CADASTRAR, você CONSENTE em  receber comunicações por e-mail!