Open banking: o que é e quais os benefícios para a sua empresa

Você sabe o que é Open Banking e como funciona? Muitos empresários já ouviram falar, mas ainda precisam entender melhor sobre o assunto e como ele pode influenciar o mercado financeiro e os seus negócios. Este novo tipo de serviço está em fase de implementação e ajudará a melhorar a competitividade entre os bancos e as condições para os clientes. 

Atualmente, uma instituição financeira não tem acesso às informações do cliente com outro banco, então tem dificuldade de competir por ele com melhores serviços. Com o Open Banking e a permissão do titular da conta para o compartilhamento dos dados, os bancos têm condições de oferecer as melhores condições, tais como tarifas de juros mais baixas

A expectativa é que o Open Banking incentive também a inovação e o surgimento de novos modelos de negócio. Além de ter um fluxo mais transparente de informações entre as instituições que ajude a definir melhores políticas de crédito e a oferta de serviços mais adequados aos diferentes perfis de clientes. 

O que é o Open Banking?

De acordo com o Banco Central do Brasil, o Open Banking, também chamado de sistema financeiro aberto, é a possibilidade de clientes de produtos e serviços financeiros permitirem o compartilhamento de suas informações entre diferentes instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central. 

A movimentação de suas contas bancárias pode ser feita a partir de diferentes plataformas e não apenas pelo aplicativo ou site do banco, o que garante mais praticidade e segurança no seu dia a dia. 

Como funciona o Open Banking?

Você decide se os seus dados podem ser compartilhados e com quais bancos e instituições isso pode acontecer. A autorização para o acesso dos seus dados terá validade máxima de 12 meses, mas pode ser alterada ou retirada a qualquer momento. É importante ressaltar, que sem o seu consentimento, nenhum participante do Open Banking tem autorização para acessar as suas informações. 

Fases de Implementação do Open Banking no Brasil

1º Fase – Fevereiro/21

O Open Banking começou com as instituições participantes disponibilizando ao público informações padronizadas sobre os seus canais de atendimento e as características de produtos e serviços bancários tradicionais que oferecem. Com isso, podem surgir soluções que comparam diferentes ofertas de produtos e serviços financeiros, auxiliando as pessoas a escolherem a opção mais adequada ao seu perfil e necessidades. Nessa fase, não será compartilhado nenhum dado de cliente.

2º Fase – Julho/21

Nessa fase, os clientes, se quiserem, podem solicitar  o compartilhamento entre as instituições participantes de seus dados cadastrais, e podem ficar tranquilos para cancelar essa autorização a qualquer momento, em qualquer das instituições envolvidas no processo. Como principal benefício, os clientes têm acesso a ofertas de produtos e serviços mais adequados ao seu perfil, a custos mais acessíveis e de forma mais ágil e segura. 

3º Fase – Agosto/21

Nessa fase, surge a possibilidade de compartilhamento dos serviços de iniciação de transações de pagamento e de encaminhamento de proposta de operação de crédito. O que  possibilita o acesso a serviços financeiros de forma mais fácil e por meio de canais mais convenientes para o cliente. Vale lembrar também que nesses casos o compartilhamento só acontece com a autorização prévia e específica do cliente.

4º Fase – Dezembro/21

Na última fase de implementação, os dados sobre outros serviços financeiros passam a fazer parte do escopo do Open Banking. Os clientes – sempre que quiserem e autorizarem – podem compartilhar suas informações de operações de câmbio, investimentos, seguros, previdência complementar aberta e contas-salário, dentre outras ações. Assim, amplia-se ainda mais a possibilidade de surgimento de novas soluções para a oferta e a contratação de produtos e serviços financeiros, mais integrados, personalizados e acessíveis, sempre com o consumidor no centro das decisões.

Confira na prática como será essa mudança:

Como é hoje

Atualmente, uma instituição não tem conhecimento pleno sobre o relacionamento de um cliente com outra, então tem dificuldade de competir por melhores serviços.

Como vai funcionar o Open Banking

Com a permissão de cada correntista, as instituições podem se conectar às plataformas de outras instituições participantes para ter acesso aos dados autorizados pelos clientes, e com isso podem oferecer tarifas mais baixas e condições mais vantajosas.

Benefícios do Open Banking

Por meio do Open Banking as pessoas podem controlar melhor suas vidas financeiras. Quem, por exemplo, possui mais de uma conta bancária ou tem conta em um banco e empréstimo em outro, poderá ver todas as suas informações em um único local. O que facilitará bastante, não é mesmo?

  • Melhor oferta de produtos e serviços financeiros
  • Portabilidade
  • Facilitação e barateamento do crédito
  • O cliente tem o controle total dos seus dados
  • Segurança e praticidade nas transações 
  • Novos modelos de negócio
  • Maior transparência de relacionamento entre instituições financeiras

A qual instituição você deve solicitar o compartilhamento de dados?

À instituição participante que vai receber os dados (instituição de destino) deve prestar aos seus clientes informações claras, objetivas e adequadas sobre o compartilhamento. Além disso, a solicitação de autorização para que a pessoa compartilhe seus dados deve deixar clara qual é a finalidade desse compartilhamento, ou seja, ao fornecimento de qual produto ou serviço ele se refere.

Saiba quais são as instituições financeira participantes

Somente as instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central podem participar do ecossistema do Open Banking. Os maiores bancos, por exemplo, são participantes obrigatórios do Open Banking para o compartilhamento de dados. 

A lista completa das instituições participantes está disponível no portal desenvolvido pela Estrutura de Governança do Open Banking Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Ao clicar em CADASTRAR, você CONSENTE em  receber comunicações por e-mail!