Dia Livre de Impostos: juntos contra a tributação abusiva

Você sabia que o Brasil é considerado o país em que se gasta mais tempo calculando e pagando tributos no mundo? Pois é, de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) as empresas brasileiras gastam, em média, 2 mil horas por ano para conseguir lidar com a alta burocracia tributária.

Pensando nisso, a CDL/BH criou a ação “Dia Livre de Impostos” com o objetivo  conscientizar a população quanto aos índices abusivos de impostos sem retorno eficiente para o cidadão e sobre o mau uso do dinheiro público. 

Uma oportunidade única para os lojistas, de diversos segmentos e áreas de atuação, manifestarem a sua insatisfação com a tributação praticada,  e para que os consumidores tenham conhecimento e consciência sobre o que pagam de impostos no dia a dia.

No dia 27 de maio deste ano será realizada a 15ª edição do Dia Livre de Impostos, de forma totalmente virtual devido a pandemia. Já aderiram à essa iniciativa mais de 700 empresários de Belo Horizonte e de outras 164 cidades e 21 estados. Saiba, a seguir, um pouco mais sobre a importância  deste movimento!

Afinal, por que pagamos impostos?

O imposto é um tributo obrigatório cobrado pelo governo para custear as despesas administrativas do Estado,  e o seu não pagamento pode gerar multas e até punição legal.

É como se você estivesse investindo no governo para que ele possa cuidar dos seus serviços básicos, resguardados pela Constituição (saúde, educação, segurança, moradia, transporte público). Mas infelizmente o que vemos na prática são as taxas abusivas e falta de retorno do dinheiro em benefícios para a sociedade. 

Entre os 30 países com maior carga tributária do mundo, o Brasil está em 14º lugar e o brasileiro precisa trabalhar em média 153 dias por ano (5 meses) só para pagar impostos. E isso acontece mesmo em um cenário de crise econômica, como o atual, em decorrência da pandemia da Covid-19.

Como é feito o cálculo de impostos?

Você sabe como calcular o imposto de nota fiscal de venda? A natureza de cada imposto vai depender do tipo de atividade a qual a sua empresa se dedica e do regime tributário escolhido (Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real).

De acordo com a Lei Federal 12.741/2012, toda empresa é obrigada a apresentar, no mínimo, sete impostos sobre os produtos ou serviços prestados em sua nota fiscal. Vamos mostrar melhor a seguir como saber o valor de cada um deles.

Exemplo:

Imagine que a sua empresa fez uma venda no valor de R$600,00 e que o regime tributário que você escolheu é o Lucro Real. Dessa forma, o cálculo dos impostos da sua NF de venda será:

Valor do Imposto = Valor da Venda X Alíquota do Tributo

Se o valor da venda é de R$ 600,00, logo:

  • IRPJ = 600 X 15% = R$ 90,00
  • ICMS = 600 X 7% = R$ 42,00
  • PIS =  600 X 1,65% = R$ 9,90
  • COFINS = 600 X 7,6% = R$ 45,60
  • CSLL = 600 X 9% = R$ 54,00
  • IPI = 600 X 5% = R$ 30,00

(OBS.: Alíquotas de ICMS e IPI são variáveis de acordo com o produto que está sendo comercializado).

Assim, o valor total dos impostos na nota fiscal da venda de 600 reais será de R $271,50.  É importante que empresas e clientes  fiquem atentos a este valor total de imposto embutido nos produtos, já que interferem nas vendas e  aquisição de mercadorias. 

Só no setor de eletrônicos, por exemplo,  43% do valor é destinado a impostos. E 58% dos produtos de maquiagem também são destinados a impostos. E isso traz muitos impactos para a economia do país. 

O que é o Dia Livre de Impostos e como funciona?

O Dia Livre de Impostos (DLI) nasceu para manifestar a insatisfação do brasileiro com a tributação abusiva que limita o poder de consumo da população, além de servir de freio para o crescimento econômico do país.

Os lojistas participantes comercializam produtos isentos de impostos, arcando eles mesmos neste dia com as taxas descontadas.  E os consumidores conseguem ter uma noção melhor sobre o que estão pagando e como o alto valor dos impostos interferem no valor de aquisição das mercadorias. 

Participe deste movimento

Já estão abertas as inscrições para as empresas interessadas em participar do Dia Livre de Impostos, os cadastros podem ser feitos até o dia 27 de maio. Os lojistas podem comercializar produtos sem impostos e atrair a atenção dos consumidores com descontos imperdíveis.

Participar deste movimento é fácil, faça o cadastro no site dialivredeimpostos.com.br e acesse o painel de lojistas para baixar os materiais de comunicação e divulgação para comunicar a participação da sua marca nas redes sociais. 

Os empresários não precisam ter um site para participar, a divulgação pode ser feita por  telefone, whatsapp, e-mail ou a melhor forma de contato, para que os consumidores consigam comprar os produtos no site e recebê-los em casa ou buscá-los na loja. 

Manifeste sua insatisfação com a tributação abusiva, falta de retorno adequado dos impostos e burocracia excessiva que limita o poder de consumo da população e freia o crescimento econômico do país. Sua contribuição é importante para dar relevância ao tema para os governantes do país. 

Programe suas ofertas

Os descontos dos seus produtos devem ser equivalentes às taxas de tributação de cada segmento, estes valores estão disponíveis na tabela de tributos no site da CNDL

Treine a sua equipe para receber os clientes no dia do evento, explicando o seu propósito, o por que dos descontos e como funciona. Faça uma boa comunicação, abasteça o estoque e aproveite os resultados!

Compare os produtos com e sem imposto

Através do site, lojistas e consumidores podem filtrar e comparar o valor dos produtos do seu interesse. Basta preencher os campos para selecionar o produto e ver a diferença exorbitante nos valores com e sem imposto nos preços de venda.

Ao selecionar o produto desejado, o usuário é redirecionado para o contato da respectiva loja para dar continuidade a compra. 

Confira a lista de empresas participantes

Encontre as lojas participantes mais próximas de você, já temos mais de 700 empresas cadastradas no site. Entre os estabelecimentos confirmados estão lojas de  cama, mesa e banho, eletrodomésticos e eletrônicos, vestuário,  perfumarias, supermercados, calçados, farmácias, pet shop, entre outras. 

A lista completa de empresas e produtos pode ser consultada aqui. Aproveita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Ao clicar em CADASTRAR, você CONSENTE em  receber comunicações por e-mail!