vendas online

Como o marketing digital pode ajudar a melhorar as vendas da sua empresa?

O marketing digital tem reforçado a sua importância para as pequenas empresas se manterem competitivas no mercado e no enfrentamento de desafios durante uma crise, como a da pandemia da COVID-19.  Afinal, é preciso acompanhar as tendências e o comportamento dos consumidores, e os canais de comunicação on-line contribuem significativamente para uma melhor visibilidade, engajamento, reforço da marca e aumento das vendas.

Mas antes de sair investindo é preciso definir uma estratégia de marketing.  Afinal, se eu não sei para quem quero vender, como vou oferecer a melhor solução? Tem melhor desempenho as empresas que conseguem definir bem o perfil do seu público-alvo, identificar os canais de comunicação mais adequados, entregar conteúdo de qualidade, entre outros fatores que serão exemplificados  melhor logo mais abaixo. 

Pensando nisso, separamos alguns pontos importantes para que você consiga trabalhar com a sua equipe e utilizar cada vez mais o marketing digital de forma prática e eficiente na sua empresa. Caso precise de auxílio neste processo, pode contar também com o apoio das  consultorias gratuitas oferecidas pela CDL/BH!

O marketing digital substitui o marketing tradicional?

O marketing digital não vai substituir o marketing tradicional. Pelo contrário, ambos devem coexistir e têm papel fundamental ao longo da jornada do consumidor de acordo com o ponto de contato entre a marca de uma empresa e o cliente. 

O boca a boca, por exemplo, continua sendo um forte influenciador na tomada de decisões. Sabe aquele amigo que te indica um produto ou serviço? Pois é, ele faz isso porque a experiência dele com a marca foi bastante positiva. Ou ao contrário, ele pode dizer para um grupo de amigos que teve uma experiência muito ruim com a empresa e não a recomenda para o seu grupo de relacionamentos. Estes elogios ou críticas podem ser informais ou por meio de comentários e avaliações na internet. 

À medida que a interação entre clientes e empresas cresce, aumenta a importância do marketing digital para promover ações específicas para engajamento e conversão em vendas.  As empresas precisam, portanto, entender quando uma interação deve ser on-line ou off-line para melhorar o seu alcance, resultados e até mesmo reduzir custos desnecessários. 

Quanto a sua empresa deve investir em marketing digital?

A decisão de investimento em marketing precisa vir respaldada por um planejamento estratégico de conhecimento técnico ou de mercado. Para isso, o ideal é que seja realizada sempre uma estimativa dos custos operacionais e de publicidade para alinhar com o setor financeiro os gastos, evitando com isso surpresas desagradáveis. 

É válido ressaltar que a capacidade de investimento em novas ações de marketing está muitas vezes relacionada ao porte da empresa. Já que as grandes empresas possuem mais recursos para pesquisas e desenvolvimento de novos projetos, enquanto os empresários de pequenas empresas, muitas vezes, têm menos condições financeiras e contam com uma equipe reduzida para a execução.  

Como as pessoas compram? Conheça a jornada do cliente

Um novo tipo de consumidor está emergindo globalmente – jovem, urbano, com mobilidade e conectividade. Enquanto os mercados maduros estão lidando com o mercado que envelhece, o mercado emergente está desfrutando e dividindo espaço com uma população mais jovem e produtiva (KOTLER, 2017). 

Este perfil de consumidor da era digital quer poupar tempo, pois vivem em um ritmo acelerado. Quando estão interessados em um produto ou serviço fazem a pesquisa através do seu celular para saber o preço, a qualidade e os comentários de quem já adquiriu. Como nativos digitais, podem tomar decisões de compra em qualquer lugar e em qualquer momento. Mas também adoram experimentar coisas fisicamente, pois valorizam a interação com as marcas. 

Um dos modelos mais usados para descrever essa jornada de compra é o modelo AIDA, de E.St. Elmo Lewis: atenção, interesse, desejo e ação. Mais tarde adaptado para os cinco  A’s de Kotler: assimilação, atração, arguição, ação e apologia. 

jornada de compra

Conteúdo de qualidade é o melhor anúncio 

Para atrair e conquistar os consumidores por meio do marketing de conteúdo, é preciso definir uma estratégia que leve em consideração: a criação, seleção, distribuição e ampliação dos conteúdos que sejam relevantes e úteis para o público de interesse. E quanto mais criativo e original a empresa for, mais ela consegue se destacar em meio a tantas ofertas. 

Conheça o passo a passo para melhorar o seu planejamento!

  1. Fixação de metas: Qual o objetivo da sua campanha de marketing? Defina a expectativa de vendas da sua empresa e compartilhe com a sua equipe.
  2. Mapeamento do público: Quem são os seus consumidores e quais os seus desejos? Crie o cliente ideal da sua empresa (persona) para direcionar os conteúdos.
  3. Concepção e planejamento do conteúdo: Qual o tema geral do conteúdo? Defina o foco com base no perfil de sua persona e melhores formatos para divulgação (vídeos, banners, textos, etc.)
  4. Criação do conteúdo: Quem vai criar o conteúdo da sua empresa e quando? Defina um cronograma de produção de conteúdo e se a produção será feita por uma agência ou por uma equipe interna.
  5.  Distribuição do conteúdo: Onde você vai publicar o conteúdo? Pode ser em canal próprio ou pago (Ex: Site, blog, redes sociais, plataformas terceirizadas)
  6. Ampliação do conteúdo: Como você deseja interagir com os consumidores para alavancar o conteúdo? Use propaganda por meio de influenciadores, impulsionamento de posts nas redes sociais, (Google Ads) ou propaganda boca a boca.
  7.  Avaliação do marketing de conteúdo: Como você vai saber se a sua campanha foi bem sucedida? Defina métricas de marketing de conteúdo.
  8. Melhoria do marketing de conteúdo: Precisa melhorar os resultados? Teste mudanças no tema e veja se está presente nos canais de comunicação que são mais acessados pelo seu público.

Dicas simples para melhorar o marketing digital da sua empresa

Após mostrar a importância de um bom planejamento de marketing digital, selecionamos exemplos práticos que podem ser explorados e podem ajudar a atrair e fidelizar os clientes.

  • Gestão de relacionamento com os clientes O sistema CRM  permite conhecer o perfil de compra de cada cliente, direcionar conteúdos por meio de e-mail marketing; entre outras  estratégias de vendas mais assertivas.
  • Novos canais de comunicação: o whatsapp business, por exemplo, funciona no suporte do atendimento de clientes e envio de conteúdos personalizados.  O Tik Tok também teve um crescimento significativo de acessos durante a pandemia e é excelente para fazer vídeos curtos.
  • Postagens criativas e regulares nas redes sociais: contribuem para despertar o interesse e engajamento do público alvo. As empresas devem estar atentas à relevância dos conteúdos, atratividade das imagens, frequência e posts patrocinados.
  • Gamificação: O uso de jogos pode ser um método poderoso para aumentar o engajamento dos seus consumidores e uma forma inteligente de coletar dados.

Dica de leitura!

Marketing 4.0, de Philip Kotler

Se você quiser se aprofundar mais sobre marketing digital, recomendamos a leitura do livro Marketing 4.0, de Philip Kotler. O autor é uma das principais referências sobre o tema e utilizamos ele como referência na construção deste artigo. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Ao clicar em CADASTRAR, você CONSENTE em  receber comunicações por e-mail!