antivirus

O que a sua empresa faz para ter proteção de dados?

O que você faz para proteger os seus dados na internet? Escolher um antivírus confiável é uma das ações importantes para ter segurança na sua navegação. Além disso, é preciso entender um pouco como funciona a proteção de dados na web para evitar prejuízos e dor de cabeça à sua empresa e o vazamento de informações de seus clientes.

Nos dias atuais, somos expostos diariamente a uma grande quantidade de informações, serviços e produtos pela internet. Acessamos diversos canais de comunicação, como WhatsApp, redes sociais, blogs e sites. Também baixamos diversos arquivos e aplicativos  pelo celular ou computador. E muitas vezes somos direcionados a tantas páginas que vamos no “automático” e esquecemos de verificar a confiabilidade e legitimidade dos links e informações. 

Nós, enquanto consumidores, precisamos sentir confiança nos sites que estamos navegando, antes de realizar qualquer compra. Afinal, muitas desistências nas vendas online dizem respeito a uma experiência negativa em relação às informações da página ou com comentários negativos de avaliação. Já, enquanto empresas e donos de um site, precisamos garantir essa mesma transparência aos clientes em relação às estratégias de venda, privacidade e segurança digital.

Existe uma lei para proteger os seus dados na internet?

Sim, existe! A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD – 13709) entrou em vigor em 2020 no país e tem como objetivo garantir mais segurança, transparência e privacidade às informações pessoais coletadas por empresas públicas e privadas.

Ela define categorias de dados, direitos dos usuários durante a navegação, estabelece obrigações para as empresas, entre outras ações para evitar o uso inadequado das informações, discriminações, entre outros fatores que envolvem informações pessoais e sigilosas. 

Com essa lei de proteção de dados, as plataformas de serviços na internet são obrigadas a solicitar o consentimento dos usuários e o que é feito, tais como: rastreio para publicidade direcionada, como funciona, quais dados são coletados, como e com quem são compartilhados.

Para que servem os cookies na internet?

Com certeza você já deve ter visto e clicado naquelas notificações de cookies quando abrimos uma página na web, pois estão cada vez mais comuns. Os cookies são informações armazenadas no seu computador através do navegador (browser), retendo apenas informação relacionada com as suas preferências e comportamento.

Existem vários tipos, entre eles o cookie de publicidade – responsável por entender e direcionar produtos e serviços de interesse de cada usuário, além de determinarem a quantidade de vezes que a pessoa pode ver o anúncio por dia. Essa navegação web, é chamada de rastreamento ou trekking. 

Quando você faz um login, por exemplo, o site pede para que seu navegador guarde um número de identificação atrelado ao seu usuário. A cada página que você abre dentro do mesmo site o seu navegador envia de volta este número, que é o cookie. O site verifica então a informação e reconhece que é você.  

Como proteger as suas redes sociais?
As suas redes sociais são protegidas principalmente pelas credenciais de acesso: usuário e senha. O primeiro passo é definir uma senha forte e exclusiva para cada rede social, evitando repeti-las. O segundo passo é configurar a autenticação de acesso em duas etapas, com o objetivo de colocar mais uma “barreira” no login em caso de um possível invasor. 

whatapp

A terceira e última dica é cautela em relação às promoções que você clica e às suas políticas de privacidade. Tenha sempre cuidado com o que você compartilha e com quem você compartilha suas informações pessoais.

Verifique se o site é  legítimo e confiável

É preciso ter cuidado para não realizar compras em sites falsos ou inserir a sua senha em sites e janelas não confiáveis. Observe sempre se o endereço da página tem o cadeado, o “https:” e verifique a parte destacada com o nome da empresa. Apenas um destes elementos presentes, não quer dizer que a página é confiável.

Se você é dono de uma empresa, mas seu site não atende a estes critérios de segurança, pode estar perdendo clientes. Para garantir uma boa experiência de navegação de seus consumidores fique atento a estes detalhes e se as informações estão claras e precisas para garantir sucesso no comércio eletrônico. Fique de olho, também, nas avaliações no GoogleReclame Aqui. 

O que fazer se o seu whatsapp web for invadido?

Há casos de pessoas monitorando conversas de terceiros por meio do WhatsApp Web. Isso ocorre quando não há bloqueio de tela e a pessoa pega o seu telefone e, em alguns segundos, consegue autorização para abrir uma sessão do whatsapp web em outro computador. 

Caso desconfie que isso está acontecendo, você pode e deve registrar um boletim de ocorrência da invasão e solicitar ao suporte do próprio whatsapp qual o endereço IP para fazer a investigação. Veja como é fácil o acesso:

Agora, se isso não for suficiente, acione a justiça para ajudar conseguir essa informações  e tomar as providências cabíveis. Por isso, a importância de configurar corretamente o bloqueio de tela do nosso celular. 

Fique atento antes de baixar e atualizar um aplicativo

Sempre que vamos instalar um aplicativo no android temos que escolher o que ele pode fazer em nosso aparelho. Mas você sabe quais permissões podem ser liberadas ou negadas? Se um aplicativo solicitar permissões demais, desconfie. 

Por que um aplicativo de lanterna, por exemplo, precisaria ter acesso aos seus arquivos? Além disso, tem permissões que são consideradas especiais. Há muitos aplicativos maliciosos, então é preciso estar atento à legitimidade de cada um deles, antes de baixar em seu celular. 

Aplicativos bancários: Os aplicativos de bancos podem exigir permissões esquisitas, como “localização do seu celular”, mas fique tranquilo. Nestes casos servem para identificar se é você mesmo que está tentando acessar ou se trata-se de uma invasão. Em caso de qualquer dúvida, entre em contato com o seu próprio banco para ter mais segurança nas transações eletrônicas. 

Confira um check-list para ter mais segurança online:

  • Instale um antivírus confiável;
  • Verifique se o site é confiável;
  • Crie senhas fortes e troque com frequência;
  • Evite Wi-Fi público;
  • Não clique em e-mails e links suspeitos; 
  • Evite fazer download de softwares piratas;
  • Use um bloqueador de pop-ups;
  • Fique atento às políticas de segurança e privacidade em seu computador e celular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Ao clicar em CADASTRAR, você CONSENTE em  receber comunicações por e-mail!