negócio

Saiba como potencializar as redes sociais e a conexão para promover seus negócios

  • Praticamente todos se comunicam com familiares e amigos por meio de redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn) e WhatsApp; então, use essa rede de contatos para divulgar seu negócio;
  • Junte-se a grupos de comerciantes e desenvolva uma rede de divulgação e vendas. É possível criar um grupo no WhatsApp ou mesmo aproveitar os sites de vendas de cada um para divulgar os negócios dos outros; 
  • Fique atento às empresas que estão apoiando pequenos negócios, abrindo espaço em suas redes para divulgação — a CDL FM e a 98 FM são bons exemplo disso. Alguns influenciadores e artistas também estão disponibilizando seus canais para divulgação gratuita;
  • Participe de campanhas ou desenvolva campanha específica para sua área de atuação. Um exemplo é a Abrasel, que criou o #ApadrinheUmBar, em que os clientes são estimulados a usar as próprias redes sociais para divulgar seus bares preferidos.

Modelo de divulgação

Nome da Lojas 

📱Celular/Whatsapp 

☎ Telefone físico 

📚Faça um breve relato de seus produtos ou promoções 

📍Endereço Físico e Virtual  

CIBERSEGURANÇA

Você sabe o que é cibersegurança?

Neste momento de quarentena, muitas empresas estão adequando seu negócio, e, para continuar atendendo seus clientes, passaram a trabalhar em regime home office. O que as pessoas não sabem é que há um risco constante ao usarmos nossos e-mails, notebooks, telefones e outros meios de comunicação próprios conectados à rede da empresa: os ataques cibernéticos.

Mais um vírus com que nos preocuparmos? Esses ataques sempre existiram, mas, em momentos como este, podem se intensificar, pois muitas pessoas estão acessando servidores de empresas de forma remota, em suas residências, por meio de computadores pessoais, que podem não ter as proteções necessárias. Além disso a chance de o colaborador abrir um e-mail suspeito com o título “Coronavírus” é muito maior do que em qualquer outro período, e isso pode danificar o seu computador e até o sistema da empresa.

Nos comentários deste post, conte como você está se protegendo neste período. Dessa forma, nós conseguiremos entender como estão as práticas no mercado e, por meio da nossa experiência e do que já estudamos a respeito, apresentar boas práticas, dicas e ações mais efetivas em relação à cibersegurança.

Você está protegido na internet?

Algumas dicas de segurança para empresas e usuários:

  1. Adotar senhas diferentes em serviços diferentes e utilizar caracteres de complexidade, o que torna sua senha mais segura. EX: c@sa2#10;
  2. Evite conectar os computadores da empresa a redes desconhecidas ou públicas;
  3. Cuidado ao falar ao telefone em locais públicos;
  4. Utilizar extensões de segurança confiáveis em seu navegador;
  5. Utilizar um antivírus que também detecte acesso a páginas fraudulentas, como Trend Micro e Kaspersky;
  6. Contar com um duplo fator de autenticação para acesso aos e-mails e outros serviços críticos (minimamente, uma confirmação via SMS);
  7. Não salvar o usuário e senha no navegador para os serviços mais críticos da empresa;
  8. Não deixar crianças e adolescentes navegarem no computador usado para acesso a sistemas empresariais;
  9. Nunca se afastar do computador com ele desbloqueado e não permitir que outras pessoas da família usem seus dispositivos de trabalho;
  10. Sempre verificar a fonte das notícias recebidas antes de compartilhá-las e, principalmente, não clicar em links recebidos de remetentes desconhecidos ou de grupos de WhatsApp.

OPORTUNIDADES PARA NÃO PERDEREM VENDAS 

A conjuntura atual exige adaptações para que as empresas continuem ativas. Muitas estão usando criatividade para seguir vendendo seus produtos e/ou serviços ou, mais ainda, criaram alternativas para se manter relevantes e não perder contato com seus clientes. 

Confira os exemplos de boas práticas que apresentamos a seguir, inspire-se e aproveite as oportunidades para seu negócio:

Vitrine Virtual gratuita (para negócios em geral)

A empresa paranaense Olist lançou a Olist Shops, uma vitrine virtual que permite aos lojistas que não possuem lojas virtuais cadastrar e vender seus produtos. De forma rápida, a empresa interessada registra seus itens informando título, descrição, preço e fotos, e, em cerca de três minutos, seus produtos/serviços ficam disponíveis para os clientes. 

A interação de compra e venda é feita por WhatsApp. Confira 

Vendas no Ifood (para negócios de alimentação)

O iFood criou 3 grandes medidas de apoio a restaurantes que estiverem cadastrados em sua plataforma:

1) os restaurantes receberão, de forma automática, um auxílio por cada pedido vendido, cujo valor dependerá do valor de comissão que o restaurante paga ao iFood. Se o empreendedor tiver mais de um restaurante cadastrado, receberá o auxílio por pedido realizado em cada restaurante; 

2) o iFood vai antecipar, sem custo adicional, os recebimentos dos restaurantes em até 7 dias após a venda. Vale para quem já está há 30 dias na plataforma e escolher essa modalidade; 

3) o iFood devolve integralmente a taxa “Pra retirar” — válido para restaurantes que já usam a solução ou queiram instalá-la. Mais informações

Venda seu produto/serviço agora e entregue depois (especialmente para prestadores de serviço)

Para não perder por completo o fluxo de caixa neste momento de lojas fechadas ou impossibilidade de entregar serviços que exigem contato, algumas empresas estão criando formas de vender agora e entregar depois. 

Veja como é possível:

  • Crie descontos progressivos para manter um fluxo de vendas;
  • Conceda frete grátis, caso o cliente compre mais de um produto, especialmente no pacote de descontos progressivos;
  • Ofereça cupons comemorativos para o cliente pegar em datas específicas no futuro;
  • Crie combos de serviço com descontos que podem ser requeridos juntos ou separados no futuro. Uma forma de otimizar a entrega poderá ser por meio da criação de uma agenda para cada serviço do combo;
  • Dê desconto para a primeira visita em sua loja virtual;
  • Crie códigos exclusivos para promoção ou sorteio para redes sociais, com o objetivo de fidelizar e ampliar sua base de clientes;
  • Use suas redes sociais para entregar um conteúdo relacionado a seus produtos ou serviços, a fim de manter o relacionamento com seus clientes.

CAPACITAÇÃO

Cursos online grátis são uma boa opção de atividade para a quarentena imposta pelo combate ao coronavírus. Essa é uma boa forma de ocupar as horas vagas ou aproveitar o momento para capacitar os colaboradores de sua empresa. 

Veja, abaixo, alguns cursos online gratuitos, de diversas áreas, disponibilizados por instituições educativas:

Resultados DigitaisMarketing e Vendas

BeautyClassBeleza

StartseEmpreendedorismo

Notorium PlayDireito

LinkedInTrabalho Remoto

SenaiEmpreendedorismo

Faber-CastellDiversos (criatividade)

UdemyDiversos (Programação e Tecnologia)

FGVDiversos (Administração, MKT, RH etc.)

HarvardDiversos (Artes, Design, Computação, Gestão etc.) – em inglês

E ainda:

Amazonliberou mais de 50 mil títulos de literatura

Kinedumais de 1 mil atividades divertidas para crianças 0 a 4 anos

 

Janaine Timóteo — Analista de Cultura e Inovação / Alysson Guimarães — Coordenador de Relações Institucionais da CDL/BH. 

Colaboração: Cristhiany Cruz — Analista de Cultura e Inovação / Fagner Batista — Administração de Redes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!