Como fazer para anunciar na internet? Descubra!

Investir em marketing é fundamental para aumentar a visibilidade da marca e melhorar as vendas. No entanto, as ações não podem se limitar ao universo offline, como outdoors e panfletos. Para alavancar os resultados da empresa, você precisa anunciar na internet.

A publicidade online tornou-se elemento indispensável para o marketing de pequenas, médias e grandes empresas. Afinal de contas, o consumidor moderno está muito mais conectado, e garantir presença digital é a melhor forma de atingi-lo.

Quer saber como funciona os anúncios na internet e quais são os benefícios de investir nessa estratégia? Continue a leitura e descubra!

Os benefícios da publicidade online

Segundo a Digital In 2019 — pesquisa anual realizada pela We Are Social em parceria com a Hootsuite — o Brasil tem 149,1 milhões de internautas. Esse número representa cerca de 70% da população nacional. Ou seja, é bem provável que o seu público-alvo esteja inserido dentro dessa multidão de usuários da internet.

Ao fazer anúncios online, você aumenta a visibilidade da sua marca. Assim, quando o usuário pesquisar na internet por produtos ou serviços que você comercializa, sua empresa será encontrada com facilidade. O melhor de tudo que isso coloca o seu negócio em condições de competir com grandes empresas do mercado.

Veja, a seguir, mais alguns benefícios de investir em anúncios na internet.

Segmentação precisa

Imagine uma propaganda em uma revista impressa, por exemplo. Mesmo que você escolha o veículo adequado ao seu público, inevitavelmente, o conteúdo atingirá pessoas que não têm afinidade com o seu negócio. O pior de tudo é que você paga por isso.

A maior vantagem de investir em publicidade online é a possibilidade de segmentar o público. Assim, você consegue atingir nichos de mercado bem específicos, e que têm maior propensão a fazer compras da sua empresa.

Mensuração de resultados

Você até consegue estimar a quantidade de pessoas que viram um outdoor, mas esse número não é preciso. Além disso, é impossível saber se um determinado cliente entrou na sua loja motivado por aquela publicidade.

Já com os anúncios na internet é possível saber a quantidade exata de pessoas que viram o anúncio, interagiram com ele e fizeram compras por causa dele.

Custo-benefício

Investir em publicidade na TV, por exemplo, não é nada barato. Isso deixa as empresas com grande orçamento em marketing em vantagem diante de negócios menores. A publicidade online é mais acessível, e você pode ter resultados expressivos mesmo com orçamentos mais baixo.

Além do mais, o pagamento é feito de acordo com a performance do anúncio. Se o seu objetivo é fazer com que o cliente entre no site, por exemplo, você só pagará apenas se o usuário clicar no link sugerido.

As principais formas de anunciar na internet

Existem diversas ferramentas para fazer publicidade paga na internet, e você não precisa escolher apenas uma. Ao diversificar os investimentos em marketing é possível alcançar um maior número de pessoas e potencializar as ações.

Independentemente do canal utilizado, as ações no ambiente digital são mais flexíveis. Você consegue pausar uma campanha em caso de baixo desempenho para fazer ajustes eventuais. Assim, dá para otimizar o investimento e focar nos resultados. Conheça, a seguir, as principais ferramentas utilizadas para fazer publicidade online.

Google Ads

Essa é a plataforma mais conhecida para fazer anúncios na internet. O Google Ads — antigo Google Adwords — é usado para fazer publicidades pagas no Google. Os anúncios podem ser exibidos em:

  • resultados de busca: aparece nos resultados de pesquisas do Google quando o usuário digita termos relacionados às palavras-chave definidas;
  • Google Shopping: exibe lojas virtuais que vendem o produto pesquisado com fotos, descrições e preços;
  • rede de display: banners em sites e blogs da rede Google;
  • apps: anúncios dentro de aplicativos da rede Google;
  • YouTube: anúncios em vídeo exibidos em conteúdos relacionados no YouTube.

Além disso, é você quem define o orçamento e a forma de cobrança. Dependendo do tipo de campanha, o pagamento pode ser feito de acordo com o número de visualizações, cliques ou aquisições.

Facebook Ads

Esse é o sistema de publicidade paga no Facebook. Com a ferramenta é possível criar anúncios segmentados com base nas informações que os próprios usuários fornecem na rede. Postagens, curtidas, comentários, check-ins e diversas outras ações geram insumos para entender o comportamento do cliente e mostrar anúncios alinhados aos interesses de cada um.

Aqui também você pode limitar o orçamento e escolher o sistema de cobrança de acordo com o objetivo da campanha. Anúncios focados em conversão, por exemplo, gastam de acordo com os cliques no conteúdo patrocinado. Agora, se você está investindo em reconhecimento da marca, a cobrança pode ser feita de acordo com o número de visualizações. Os anúncios no Facebook suportam os seguintes formatos:

  • imagem única;
  • vídeo único;
  • carrossel: conjunto de até 10 vídeos ou imagens rotativas;
  • apresentação multimídia: slideshow com imagens sequenciais.

Instagram Ads

Para veicular anúncios no Instagram, não é necessário que a empresa tenha uma conta na rede social de fotos — apesar de ser altamente recomendado. Na verdade, você precisa ser cadastrado no Facebook porque o sistema utilizado é o mesmo. Portanto, vale a pena criar campanhas integradas nas duas redes sociais.

No Instagram também é possível criar anúncios segmentados com base em informações de perfil e comportamento. As formas de cobrança são semelhantes às do Facebook.

Os indicadores mais importantes

Lembra que a facilidade de mensuração de resultados é uma das vantagens de anunciar pela internet? Então, você precisa acompanhar alguns indicadores para avaliar o desempenho das campanhas. Veja quais são as métricas mais importantes.

Alcance

Esse indicador representa o número de usuários únicos que visualizaram o anúncio. Se a mesma pessoa ver a publicidade mais de uma vez, ela é contabilizada apenas em um momento. Geralmente, quando você configura a campanha com segmentação e orçamento, a própria plataforma exibe uma estimativa de alcance.

Impressões

Esse indicador mostra quantas vezes o anúncio foi visualizado. No Google Ads, existe o sistema de cobrança denominado CPM — custo por mil impressões — em que você só é cobrado se o usuário visualizar a publicidade. No entanto, se uma mesma pessoa ver a campanha mais de uma vez, todas essas impressões serão contabilizadas e cobradas.

No geral, campanhas com o objetivo de gerar muitas visualizações têm o objetivo de melhorar o reconhecimento da marca, já que não exigem nenhuma ação do usuário. Apesar de ser relevante para ganhar visibilidade, é importante cruzar o resultado das impressões com outras métricas. Afinal de contas, um grande número de impressões nem sempre significa o sucesso de uma campanha.

Cliques

Os cliques indicam a quantidade de vezes que algum cliente clicou no anúncio. Uma baixa taxa de cliques pode indicar várias falhas na campanha: segmentação ampla demais, anúncio pouco atrativo, problemas na definição de palavras-chave etc. Portanto, é importante acompanhar esse indicador em tempo real para fazer os ajustes necessários.

Taxa de conversão de vendas

Essa é uma das métricas mais importantes ao anunciar na internet. Afinal de contas, o objetivo central de boa parte das campanhas é vender. A taxa de conversão mostra quantas vezes o usuário concluiu a ação proposta na campanha.

Retorno sobre investimento (ROI)

Esse indicador mostra se o valor investido na campanha resultou em lucros para o negócio. Se você gastou R$500,00 em uma campanha e, no fim das contas, fez apenas R$100 em vendas, por exemplo, significa que o retorno nem sequer compensou o valor investido.

Sendo assim, é essencial fazer esse cálculo. A fórmula é simples:

ROI = (receita – investimento) / investimento

Se o resultado for menor que 0, significa que você teve prejuízo. Por outro lado, um número superior mostra que os ganhos ultrapassaram o valor investido. Em outras palavras, quanto mais alto for o ROI, melhor foi o desempenho de sua campanha.

Anunciar na internet não é nenhum mistério. Se você não tem muita experiência nisso, pode iniciar com um orçamento mais baixo e escalonar os investimentos conforme for pegando o jeito da coisa. Se preferir, contrate um profissional qualificado para planejar e executar a estratégia. No entanto, é importante acompanhar de perto o desempenho das campanhas para identificar oportunidades e ameaças de negócios.

Gostou do conteúdo? Então, que tal se aprofundar um pouco mais sobre uma das formas de publicidade na internet? Leia o  post “Marketing no Facebook: tudo que você precisa saber sobre o assunto” e entenda melhor como anunciar na rede social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!