Estágio de maturidade: você sabe em qual deles o seu negócio está?

Nenhum negócio começa consolidado no mercado. Mesmo empresários experientes sabem como uma nova empresa precisa passar por estágios de maturidade antes de ser considerada uma forte concorrente. Se você tem alguma dificuldade para ampliar seu negócio, entender o nível de amadurecimento que você já atingiu e como avançar para os próximos estágios, a leitura deste post será muito útil.

Pode não parecer tão relevante para você fazer esse estudo, mas saiba que, na hora de elaborar uma estratégia e um plano de ação, será muito valioso ter essas informações. Quanto mais você souber a respeito do seu próprio negócio, mais fácil será gerar resultados de forma consistente.

Para ajudar você nesse processo, vamos explicar quais são os estágios de amadurecimento de uma empresa, a importância de identificá-los e como é possível fazer isso. Boa leitura!

Quais são os estágios de maturidade e como identificá-los?

De forma simples, esses estágios representam o nível de avanço dos processos do seu negócio. Maior amadurecimento representa mais eficiência, diferenciação e qualidade para o cliente final. Veja aqui os quatro estágios principais de amadurecimento e o que eles representam.

Startup

Esse é o ponto inicial para a maioria dos empreendedores no mercado. Em algum ponto, qualquer grande empresa já foi uma startup, um grupo de indivíduos com alguns recursos e conhecimentos em mãos, usando-os para gerar renda e iniciar um negócio. É representada pela informalidade e pessoalidade das relações entre os profissionais.

Nesse estágio, sua maior prioridade costuma ser a sobrevivência, pois ainda não existe um público bem consolidado o suficiente para assegurar qualquer rentabilidade, nem validação de que sua ideia será bem-sucedida. Por isso, é necessário focar no dia a dia e em objetivos de curto prazo.

Inovação e crescimento

É nesse ponto que uma startup começa a se converter em um negócio mais sério, introduzindo soluções únicas ao mercado. Se um negócio sobreviveu ao seu primeiro ano pelo menos, então ele já deve estar no segundo estágio de maturidade.

Aqui, o foco é adquirir talentos e criar um produto único. Sua empresa começa a se diferenciar cada vez mais, estabelecendo melhor seu nicho de atuação. E como você já terá algum tempo de atuação, então já deve ter alguns clientes em sua base.

Expansão

Depois de descobrir seu diferencial e amadurecer bastante essa ideia, é hora de criar uma infraestrutura que possa levar essa inovação a mais pessoas. Parcerias, sócios, fornecedores, todas essas relações devem receber mais atenção para serem bem-sucedidas.

Aqui, os investimentos devem ficar não só mais amplos, mas também mais elaborados. É o momento de formalizar todos os processos e relações de trabalho, garantindo que o funcionamento seja mais previsível. Isso ajudará a colocar estratégias mais complexas em prática.

Maduro

Depois de elaborar melhor seus processos, formalizar seus procedimentos e hierarquia e adotar ferramentas para otimizar todo esse trabalho, sua empresa atinge um estágio mais alto de maturidade. Aqui, tudo que resta é saber como aplicar seus recursos para manter o melhor desempenho.

A maioria das empresas com mais de 2 anos de vida já atingiu esse estágio, independente do seu tamanho. O que qualifica a maturidade não é o seu lucro, mas o refinamento do seu trabalho. Isso também significa que, depois de amadurecer o seu negócio, você ainda terá bastante trabalho para ter um ritmo de crescimento adequado.

Por que avaliar a maturidade do seu negócio?

Como dissemos, conhecer o estágio de maturidade da sua empresa costuma trazer algumas vantagens na hora de se planejar. Veja aqui algumas delas.

Definição de prioridades

Conhecer seu negócio é a melhor forma de definir quais são as suas prioridades no momento. Ao entender que a sua empresa ainda está na condição de startup, você evita pensar em coisas que estão fora de vista e se concentra em manter tudo funcionando a cada dia.

Identificar e corrigir fraquezas

Toda empresa em amadurecimento apresenta alguns pontos fracos em seus processos. O importante é conseguir encontrá-los e corrigi-los o mais rápido possível. Conhecer os estágios de maturidade e o que eles representam pode ajudar a procurar pelas falhas dos seus processos e começar a mudá-las.

Encontrar formas de se destacar

Por fim, mas não menos importante, você vai precisar de fortes diferenciais para continuar ganhando espaço no mercado, especialmente com o aumento considerável da concorrência hoje em dia. Conforme a sua empresa amadurece, você vai encontrar novas formas de inovar e ganhar mais atenção do grande público.

Como identificar seu estágio de maturidade?

Agora que você entende melhor a importância de entender o amadurecimento do seu negócio, o que pode ser feito para acompanhar esses estágios? Essa é uma pergunta bem difícil, já que há muitos fatores envolvidos, mas existem alguns questionamentos que ajudam a tirar certas conclusões. Veja aqui três deles.

Você domina suas ferramentas?

Utilizar tecnologia, especialmente softwares de gestão, é praticamente obrigatório para assegurar o desempenho adequado de uma empresa. Sendo assim, para poder acompanhar o ritmo do mercado, você precisa não só investir em ferramentas, mas principalmente dominar seu uso. Isso inclui conhecer suas funcionalidades e capacitar seu time para tirar maior proveito delas.

Seus processos são formalizados?

A formalização de processos é um dos melhores indicadores de qual estágio de maturidade você já atingiu. Em geral, é necessário ter essa formalização, mesmo que parcial, para alcançar o nível de expansão, sendo obrigatório para atingir a maturação completa.

Há planos de longo prazo?

Isso dependerá bastante do nível de maturidade do negócio no momento. Uma startup tem prioridades mais imediatas, então não é obrigatório ter um plano de longo prazo já elaborado. No entanto, conforme o tempo passa, é necessário pensar cada vez mais no futuro: investimentos, expansões, parcerias etc. Se você já tem objetivos assim e um caminho para alcançá-los, é sinal de que atingiu pelo menos o estágio de inovação.

Agora que você entende cada estágio de maturidade e como identificá-los, é hora de usar essa informação para se planejar. Uma empresa não sobrevive para sempre sem atingir uma maturação completa.

Se quiser mais dicas, veja também nosso artigo sobre a importância de contratar mão de obra qualificada e tenha o melhor time para o amadurecimento do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!