Empresário se cadastrando no Dia Livre de Impostos

Entenda o que é o Dia Livre de Impostos

Anualmente, os brasileiros se veem obrigados a pagar uma série de impostos. Imposto de Renda, Imposto sobre Produtos Industrializados, Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores, Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana e por aí vai.

O Brasil é um dos países que mais cobram impostos em todo o mundo. Em 2018, após somar mais de R$800 bilhões pagos em tributos, o país conquistou um espaço entre as que têm a maior carga tributária de toda a América Latina e Caribe.

Quem vive aqui precisa trabalhar em média 150 dias apenas para pagar os tributos cobrados pelo governo. O valor pago em praticamente tudo que se consome tem essa taxa embutida, levando o preço de tudo às alturas.

Com o propósito de conscientizar e de alertar aos valores abusivos, criou-se o Dia Livre de Impostos. Um dia em que são comercializados produtos com desconto do valor desses tributos incidentes, desde gasolina e roupas até carros. Ficou curioso? Neste texto, vamos apresentar as principais informações a respeito desse movimento.

O que é o Dia Livre de Impostos?

O Dia Livre de Impostos é uma ação do comércio de Belo Horizonte, liderada pela CDL/BH e CDL Jovem, e foi criado com o objetivo de dar a oportunidade a comerciantes e consumidores de protestarem e levarem ao conhecimento público a alta carga tributária brasileira.

Neste dia, que não é fixo e a cada ano acontece em datas diferentes, os produtos são comercializados com desconto dos tributos que estão embutidos naquela mercadoria. Quem paga o desconto é o comerciante, o imposto é recolhido normalmente.

Todo imposto é, no fim das contas, parte dos preços pagos pelas pessoas quando compram bens, produtos ou contratam serviços. Paga-se esse encargo em literalmente tudo que se compra.

Por isso, o objetivo da campanha é conscientizar a sociedade sobre as altas cargas tributárias que os brasileiros pagam todos os anos, em tudo que se consome, estabelecendo uma relação direta entre o tempo que é preciso trabalhar apenas para quitar todos os impostos cobrados pelo governo.

Por que esse dia é celebrado?

O Brasil faz parte da lista dos países com as maiores cargas tributárias do mundo. No entanto, ainda há mais um diferencial negativo: tem o pior retorno dos impostos arrecadados.

O atual cenário econômico e político no Brasil não contribui para a transparência do direcionamento de todo o dinheiro arrecadado — ou seja, não é possível saber para onde vai ou o que fazem com todos os bilhões.

A data é considerada um movimento e acontece em diversas cidades do Brasil. Em cada edição que se realiza, vai ganhando mais força e atraindo mais atenção da população e da própria mídia.

A pergunta que se faz em razão de toda essa movimentação é: a carga tributária, no caso do Brasil, uma alíquota de 32%, maximiza as receitas do governo? É importante entender que nem sempre aumentar os impostos aumenta a arrecadação.

O aumento de impostos impacta o valor do produto, reduzindo o volume de venda e elevando a sonegação. Fazendo uma conclusão básica, é possível dizer que aumentar os encargos, na verdade, reduz a arrecadação do governo.

Seguindo para uma análise ainda mais aprofundada sobre a aplicação e definição dos impostos, outra dúvida é levantada em questão: estaria a alíquota de 32% (de onde foi tirado esse valor?) acima ou abaixo do ponto de maximização da arrecadação de impostos?

Economistas acreditam, baseados em cálculos, que no Brasil já passamos do ponto de maximização. Isso quer dizer que se diminuíssem os impostos, as arrecadações aumentariam, e comerciantes, empresários, consumidores e o governo sairiam satisfeitos.

Quais os impactos desse dia para o varejo?

A cobrança das altas cargas tributárias impacta muito além do varejo. Os maiores afetados são os consumidores brasileiros que trabalham quase metade do ano apenas para pagar todas as taxas devidas.

varejo, por ter um contato constante e bem próximo com os consumidores, tem o poder de passar a sua mensagem e de mobilizar as pessoas, conscientizando-as sobre os altos valores pagos com os impostos.

No Dia de Livre de Impostos alguns produtos ganham mais destaque, como a gasolina, que pode ser vendida com um desconto superior a 40%. Deixando ainda mais forte e evidente o quão abusivo são os valores cobrados.

O que você precisa fazer para participar do Dia Livre de Impostos?

Muitos são os motivos para um empreendedor participar da campanha. O mais importante é a possibilidade de protestar. Apesar de ser o que mais paga, o brasileiro é o que menos vê retorno dos impostos pagos.

A possibilidade de mostrar para o consumidor quem é, de fato, o grande vilão dos altos preços dos produtos no Brasil é um grande incentivo para aumentar a adesão da causa. Criar essa ponte de comunicação com o consumidor pode ser muito vantajosa.

O Dia Livre de Impostos é uma data que permite que os comerciantes e empresários chamem a atenção da mídia para as suas lojas, discutindo e conversando sobre um assunto importante. Além disso, gerar mídia espontânea é sempre algo positivo.

A promoção de alguns itens estratégicos, como no caso da gasolina, atrai mais pessoas para dentro das lojas, e o valor diferenciado é um incentivo maior para os clientes concluírem suas compras, consequentemente, aumentando as vendas.

O diferencial para o varejo em uma ação como essa é ter total controle do que está sendo investido e do quanto receberá de retorno. A participação no movimento Dia Livre de Impostos não tem custos, principalmente para os empresários que são associados à CDL/BH.

Para participar, escolha os produtos que deseja aplicar o desconto do valor dos impostos incidentes. Envolva quem pode te ajudar na campanha. Negocie com seus fornecedores descontos que não afetem a sua margem de lucro.

Com os produtos selecionados e preço definido, invista na divulgação e prepare a sua equipe. Lembre-se que quanto mais pessoas souberem sobre o Dia Livre de Impostos, melhor poderá ser o resultado da ação.

É importante deixar bem claro o objetivo de toda a campanha e explicar o motivo do movimento. Afinal de contas, conscientizar a população brasileira é o objetivo principal.

O Dia Livre de Impostos é muito importante para o varejo e para o brasileiro. Além de ser uma ótima chance de aumentar as vendas e conquistar mais clientes, é um protesto contra o governo e a infinidade de encargos cobrados.

Agora que você já sabe a importância do Dia Livre de Impostos e tudo o que precisa fazer para participar, é hora de se programar e aderir à ação. Veja as datas comemorativas que são importantes para o comércio e faça um bom planejamento.

2 comentários em “Entenda o que é o Dia Livre de Impostos”

  1. augusto dias disse:

    Sencacional a campanha, vamos mesmo mostrar quem sempre foi vilão da historia um governo ganancioso e omisso nas suas obrigaçoes . tem tanto $ que sai dedos atraves da corrupçao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!