Conheças as vantagens e desvantagens da compra de um mailing

Conheças as vantagens e desvantagens da compra de um mailing

A compra de mailing é uma prática comum cultivada por empresas que desejam adquirir um grande número de contatos para colocar as suas estratégias de marketing e vendas em prática. Tanto é que, no mercado, existem negócios que trabalham justamente com a comercialização desse tipo de dado.

No entanto, nem sempre a prática é bem-vista e pode trazer alguns problemas. Por isso, no artigo de hoje, discutiremos sobre as vantagens e desvantagens da aquisição do mailing. Esperamos que a discussão amplie a sua visão sobre a prática!

Quais as vantagens da compra de mailing?

Otimização do tempo

A prática para conquistar um mailing potente pode exigir meses de trabalho da equipe. Ao adquirir uma lista pronta, é possível otimizar o tempo do time para que ele possa focar no que, de fato, fará diferença para o negócio, como a confecção de materiais que estarão embutidos no e-mail marketing.

Gastos menores

Imagine ter que contratar uma equipe específica somente para fazer a captação de clientes? Além do gasto com profissionais, a empresa também precisaria de metodologias eficazes de captação, como o contato entre a equipe e os potenciais clientes.

Agora, pense nesse processo sendo feito com milhares de pessoas. A opção por comprar a lista é mais vantajosa financeiramente, visto que o serviço já estará feito e você apenas precisará gastar com a compra.

E as desvantagens?

Interferência negativa na imagem da empresa

A prática de compra de mailing é bastante malvista pelo mercado e pelos consumidores. Aliás, se essas pessoas utilizam algum meio de comunicação para reclamar, a interferência negativa se expande para os amigos delas. A maioria dos indivíduos considera a prática invasiva e desrespeitosa, o que interfere de maneira negativa na imagem da marca.

Além disso, existem negócios especializados em combater a prática de envios de mensagens sem o consentimento do contato, o que futuramente pode colocar a sua empresa em uma lista de SPAM. Isso se reflete negativamente na estratégia, que terá um alcance baixíssimo.

Baixa qualidade dos contatos

Bons contatos não estão à venda e é preciso ter isso em mente. Geralmente, as listas vendidas contêm milhares de endereços de e-mails que estão desatualizados, não existem (robôs) ou já foram desativados, o que faz com que vários envios se percam pelo caminho.

Como já dissemos, isso aumenta o risco de os e-mails caírem na caixa de SPAM e nem serem vistos pelo usuário, já que ele não solicitou a inserção de seu nome na lista. O retorno sobre o investimento se torna ainda pior quando o IP de onde são disparadas as mensagens é considerado SPAMMER, fazendo com que as mensagens nem mesmo cheguem até às pessoas.

Falta de segmentação

Nenhum endereço presente no mailing solicitou o recebimento dos seus informativos, logo, as chances de atingir um público que nem ao menos tem interesse em seu produto são gigantescas. Consequentemente, o retorno sobre esse investimento pode chegar a zero.

Ao focar em um segmento que nem sabe da existência do seu produto, a empresa deixa de investir, de fato, naquele grupo que tem potencial de compra maior. Ou seja, ela perde em consistência na hora de aplicar as estratégias.

Configuração criminal

Apesar de não ser muito comum a punição dos casos, a compra de mailing com endereços é considerada um crime de acordo com o Código Penal, principalmente porque a legislação considera uma violação aos direitos o repasse de dados pessoais sem autorização e conhecimento da pessoa em questão.

Logo, se alguma das pessoas que receberam os e-mails sem serem solicitados se sentir lesada pela prática, formalizando, assim, a queixa, a empresa será punida pela lei. Imagine viver uma situação do tipo — isso pode prejudicar todo um negócio.

O que fazer para conquistar um mailing qualificado?

Como vimos durante o artigo, as desvantagens se sobrepõem às vantagens. Logo, a melhor estratégia é investir em uma lista de contatos que seja qualificada. Mesmo que o processo seja mais demorado, essa é a melhor maneira de se relacionar com os consumidores e convertê-los em clientes fiéis à sua marca.

A seguir, apresentaremos algumas dicas bastante eficazes na conquista de um mailing qualificado. Após aplicá-las ao seu negócio, você verá os resultados!

Criação de um blog

Um blog é uma maneira simples de conseguir contatos de clientes, especialmente, se você produz conteúdo de qualidade. A ideia principal deve ser nutrir os consumidores com informações úteis e que tenham ligação ao seu produto.

Mas não basta fazer o conteúdo, é preciso chamar o leitor à ação. Nesse caso, como você deseja o contato, a melhor maneira é convidá-lo a assinar a newsletter e oferecer benefícios, como o recebimento exclusivo de conteúdos.

Produção de conteúdo para download

Falando ainda sobre conteúdo, vale a pena criar materiais ricos e que passem informações mais aprofundadas para os clientes. Os chamados e-books são uma ótima oportunidade de realização de cadastros, visto que é possível solicitar, na página de download, outras informações importantes sobre os clientes em potencial, além do e-mail.

Com isso, além do contato, a empresa obtém insights sobre o tipo de conteúdo que aquele possível cliente gosta. Isso a ajuda posteriormente na definição de estratégias de e-mail marketing, por exemplo.

Participação em eventos

Outra maneira de conseguir contatos qualificados é por meio da participação em eventos da área em que a sua empresa atua. Além de potencializar o seu networking, a ação é bastante eficaz na hora de buscar clientes futuros, visto que os indivíduos que estão ali participando de uma feira, por exemplo, provavelmente estão em busca de uma solução que a sua empresa oferece. Por isso, é importante preparar a equipe para conquistar esses contatos.

Por último, fica aqui um alerta: quantidade não está diretamente ligada à qualidade. Logo, prefira sempre conquistar uma lista de contatos pequena, mas com clientes que, de fato, fazem aquisições, a fazer a compra de mailing, com milhares de contatos que não têm potencial de compra.

Vale lembrar que isso deve ser repassado à equipe. Por isso, prepará-la para realizar essa captação é essencial. Falando em time e preparação dele, sugerimos a leitura do nosso artigo com dicas para a contratação de mão de obra temporária no Natal. Vamos lá?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!