Saiba como fazer um fluxo de caixa eficaz!

Saiba como fazer um fluxo de caixa eficaz!

Gerenciar um negócio não é uma tarefa simples: esse trabalho exige que os administradores tenham diversos cuidados e saibam dominar as contas. Os varejistas, por exemplo, devem se preocupar em oferecer produtos de qualidade, prestar um atendimento de excelência aos clientes e, claro, cuidar das finanças do negócio.

E, quando se trata do controle financeiro de uma empresa, o fluxo de caixa é uma das ferramentas mais importantes. Ele garante que os administradores tenham pleno controle sobre as contas e permite a representação fiel do atual momento financeiro do negócio.

O cálculo do fluxo de caixa não envolve contas complexas nem controles difíceis. Basta que os varejistas façam a diferença entre todas as receitas (ou entradas do caixa da empresa) e as despesas (ou saídas do caixa da empresa).

Para que esse controle financeiro seja feito de forma eficaz e represente de forma fiel o momento econômico da empresa, é imprescindível que todas as transações financeiras sejam devidamente registradas e controladas.

É essencial que todos os administradores tenham em mente que qualquer equívoco no controle do fluxo de caixa pode ser extremamente prejudicial, podendo comprometer as contas e até mesmo levar o negócio à falência.

Para evitar qualquer problema para a sua empresa e garantir que as contas sejam devidamente controladas, continue lendo este post. A seguir, vamos ensinar a fazer um fluxo de caixa eficaz. Acompanhe:

Defina e organize o fluxo de caixa

Antes de calcular e acompanhar o fluxo de caixa da empresa, os varejistas precisam definir o padrão a ser seguido, ou seja, como as contas serão realizadas e controladas.

Somente criando um procedimento a ser seguido e descrevendo todas as tarefas que serão realizadas pelos funcionários é possível manter o pleno controle sobre as finanças do varejo.

O 1º passo a ser tomado pelos administradores é definir qual será a periodicidade do controle do fluxo de caixa a ser seguida. Essa frequência pode ser diária, semanal ou mensal — a periodicidade deve ser definida de acordo com a demanda do negócio.

Outro ponto importante é como será realizada a coleta de informações do controle. A forma como as transações financeiras e as contas a serem pagas são apontadas é fundamental para a organização e para o controle mais eficaz do fluxo de caixa.

Registre todas as receitas e as contas a pagar do negócio

Todas as despesas do negócio — como o pagamento de fornecedores, a compra de produtos e de materiais e as contas, e as despesas com funcionários — devem ser registrados no sistema de controle financeiro ou na planilha utilizada para controle das contas da empresa.

Além de apontar e de monitorar todos os débitos, é necessário, também, controlar todos os pagamentos recebidos e proventos.

É imprescindível que todos os lançamentos sejam feitos com atenção e de forma correta, pois, somente assim é possível controlar os valores que estão entrando e saindo do caixa da empresa.

Ao registrar todas as contas a pagar e os proventos, é possível controlar as finanças do varejo e prepará-lo para os meses seguintes. Isso porque, por meio do fluxo de caixa, é possível fazer previsões mais eficazes e se preparar para as dinâmicas do mercado.

Classifique todas as receitas e as despesas do negócio

Para que os administradores consigam fazer o fluxo de caixa eficaz, é muito aconselhado que os varejistas criem categorias para classificar tanto as receitas quanto as despesas do negócio.

Ao categorizar as transações financeiras, é possível manter um controle maior sobre as contas. Além disso, você consegue detectar com mais facilidade os pontos que carecem de melhorias e os gastos que podem ser reduzidos ou cortados.

A classificação das contas auxilia, também, na negociação com os fornecedores, pois, permite que os varejistas vejam com mais precisão quais são os gastos em cada área e com cada empresa parceira.

Vale destacar que a forma como os gastos serão classificados varia bastante de negócio para negócio. Independentemente disso, o importante é que as categorias sejam definidas de forma que o controle financeiro da empresa seja facilitado e que o fluxo de caixa tenha maior eficácia.

Planeje o varejo a curto e a longo prazo

Depois de organizar o fluxo de caixa, criar as classificações a serem utilizadas e, finalmente, realizar os lançamentos, é preciso que os administradores planejem o varejo para os próximos dias, semanas e meses.

O planejamento do negócio, quando realizado levando em consideração o atual momento do mercado e as informações referentes ao fluxo de caixa, pode melhorar bastante o desempenho da empresa, podendo até mesmo surpreender todos com os resultados proporcionados.

Utilize um sistema de gestão financeira

O uso de um sistema de gestão financeira é, provavelmente, uma das melhores formas de aumentar o controle do fluxo de caixa no varejo. Utilizar um software para o controle das contas reduz significativamente a possibilidade de erros, garantindo informações verídicas e favorecendo a tomada de decisões assertivas.

Outro ponto a ser destacado sobre os sistemas de gestão, é o fato de não possuírem limitações como as planilhas, que até hoje são uma das ferramentas mais utilizadas para a gestão financeira das empresas.

Portanto, é possível dizer que as plataformas de controle de fluxo de caixa e de gerenciamento de contas são fundamentais para garantir maior confiabilidade nas finanças do negócio.

Por último, é importante citar também que os sistemas de gestão reduzem consideravelmente a quantidade de tarefas, de processos e até mesmo de contas realizadas de forma manual.

Além de manter os números mais confiáveis, isso aumenta a disponibilidade de tempo dos funcionários, que podem utilizar o tempo de forma mais efetiva na empresa.

O fluxo de caixa é um dos controles financeiros mais importantes para o controle financeiro de qualquer negócio, sendo fundamental para o sucesso da empresa diante da concorrência e influenciando nos lucros obtidos.

Aprendeu como fazer o fluxo de caixa de forma eficaz? Ficou com alguma dúvida ou gostaria de citar algum acontecimento na sua empresa? Então deixe um comentário e compartilhe a sua opinião ou a sua história conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!