Como uma gestão empresarial eficiente pode ajudar meu negócio a pagar menos impostos?

Não é segredo para ninguém que a carga tributária no Brasil é muito alta. É exatamente por isso que pagar menos impostos é o sonho de todo gestor.

Para alcançar esta meta, no entanto, é preciso agir com cuidado e conhecer a legislação de forma ampla e aprofundada. Caso contrário, você poderá cometer alguns equívocos e, ainda que sem intenção, incorrer no crime de sonegação fiscal.

É por esse motivo, que toda empresa deve contar com uma gestão empresarial eficiente e capaz de realizar um planejamento tributário completo. No texto de hoje, falaremos sobre o assunto para que você entenda como proceder e quais são as vantagens. Acredite: elas vão muito além da redução do impacto da carga tributária!

Por que é importante ter uma boa gestão financeira?

Dentro de qualquer empresa, independentemente do tamanho, só é possível planejar ações e fazer investimentos seguros quando se tem um conhecimento profundo sobre as finanças.

Esse conhecimento não está relacionado apenas ao pagamento pontual das contas e ao cálculo dos lucros mensais e anuais. Pensar em finanças envolve uma análise completa do fluxo de caixa, do patrimônio imobiliário, dos investimentos já realizados, das despesas fixas e variáveis, das condições do mercado e da concorrência, entre outros.

Caso você não realize um controle eficiente, dificilmente será possível otimizar os lucros e projetar metas seguras de crescimento. Por outro lado, com uma boa administração, esse cenário se inverte. Entre as vantagens, podemos citar:

Quais ações interferem positivamente na gestão?

Para melhorar a sua gestão e alcançar resultados, é importante que conte com o apoio de profissionais contábeis de confiança e aumente o controle sobre as ações diárias da empresa.

É importante realizar um registro completo das contas a pagar e dos valores que entrarem no caixa, bem como organizar todos os pagamentos por data, separando as despesas por categorias: fixas ou variáveis, despesas com funcionários,  com materiais de trabalho, etc.

Além disso, você deve ficar atento para nunca confundir as contas pessoais com as da empresa. A confusão pode interferir no controle do caixa e nos relatórios mensais, causando prejuízos ao fechamento anual e à projeção de investimentos.

Para auxiliar na organização e na segurança das informações, é interessante contratar softwares de gestão contábil e usar a tecnologia a seu favor. Isso porque, com a ajuda deles, você poderá gerar relatórios rápidos, ter um controle da agenda e integrar todas as operações.

Por fim, mas não menos importante, é essencial que, ao lado da boa gestão diária, seja realizado um planejamento tributário e um estudo sobre estratégias para reduzir o impacto da carga tributária sobre a sua atividade.

O que é planejamento tributário?

O planejamento tributário é um conjunto de ações que visa otimizar a lucratividade de uma empresa. A partir de um conhecimento aprofundado da situação econômica do negócio, o que só é possível quando se tem uma boa gestão financeira, serão estudadas estratégias lícitas que levem à redução da carga tributária sobre as atividades.

Como ele contribui para a empresa pagar menos impostos?

A legislação brasileira é ampla e existem vários benefícios tributários, várias hipóteses de isenção e, principalmente, vários tipos de enquadramento fiscal. A partir do conhecimento do seu próprio negócio, será possível adotar medidas inteligentes e eficientes, tais como:

Optar pelo enquadramento fiscal adequado

Uma empresa pode optar pelo Simples Nacional, pelo Lucro Real ou pelo Lucro Presumido. A escolha é anual e antes de fazê-la é importante analisar qual a atividade prestada, quais os impostos que incidem sobre ela, etc.

Isso, porque, em alguns casos, o regime mais simples pode gerar um impacto mais alto por não conter alguns benefícios e algumas isenções. Portanto, sem conhecer o porte do negócio e o faturamento, fica difícil decidir com segurança.

Evitar a incidência do tributo

A mudança em alguns procedimentos internos da empresa pode impedir a realização do fato gerador de algum tributo, fazendo com que a obrigação de pagar deixe de existir. Mas é preciso pensar sobre isso com calma e agir apenas quando tiver segurança.

Lembre-se que qualquer ação equivocada pode configurar sonegação fiscal e levar ao pagamento de multas. Portanto, conte sempre com um profissional qualificado e não faça nada sem ter profundo conhecimento sobre a sua empresa!

Adiar o pagamento dos tributos

Por meio dos regimes de caixa e de competência, você consegue adiar o pagamento de um tributo sem que incida juros e penalidades administrativas.

A aplicação dessas estratégias deve observar procedimentos e prazos específicos. Para executar essas estratégias, é imprescindível que haja um bom conhecimento detalhado sobre a legislação da área de atuação, como os requisitos e procedimentos envolvidos.

Diminuir o pró-labore

Retiradas mensais de valores altos geram incidência do Imposto de Renda. Porém, ao converter o pró-labore em divisão de lucros, é possível ficar isento do pagamento do imposto.

Com o planejamento certo, você conseguirá fazer os cálculos, definir retiradas mensais adequadas e ter uma previsão dos lucros a serem divididos no final do exercício financeiro.

Terceirizar

Ao terceirizar atividades que não fazem parte do objetivo principal do seu negócio, surge a opção de deduzir os gastos da terceirização quando for fazer o cálculo do PIS/COFINS, mas isso acontece apenas quando você é optante do Lucro Real.

Independentemente disso, porém, o procedimento de terceirização pode ser mais econômico e até mais eficiente. Com o conhecimento aprofundado sobre a realidade da sua empresa, haverá a possibilidade de analisar a questão com segurança e economizar não só com impostos, mas também com encargos trabalhistas.

Com a ajuda de profissionais experientes e com a realização de uma boa gestão financeira, você certamente poderá realizar um planejamento tributário eficiente, pagar menos impostos e investir esse dinheiro em ações que visem o crescimento da empresa e a consolidação da sua marca.

Conseguiu compreender as vantagens de uma gestão empresarial eficiente e os benefícios que elas podem trazer à sua empresa? Então compartilhe essa informação com os seus amigos nas redes sociais e ajude-os a também otimizar a lucratividade dos seus empreendimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!