6 dicas para o seu comércio vender com segurança e tranquilidade

6 dicas para o seu comércio vender com segurança e tranquilidade

departamento de vendas é um dos mais importantes de qualquer empresa. Por isso, investir em sistemas e estratégias para o seu comércio vender com segurança deve ser uma de suas prioridades.

Vender os produtos ou os serviços de uma marca traz uma receita recorrente e capital para investimento. No entanto, é preciso que seja feita uma análise de crédito dos possíveis clientes.

Essa iniciativa é muito importante, pois evita situações estressantes e possíveis fraudes. A incerteza no recebimento das vendas pode tornar o seu negócio inviável, diminuindo as chances de perpetuação do seu empreendimento.

Pensando nisso, elaboramos este artigo com 6 dicas para que a sua negociação seja mais transparente e segura. Quer descobrir como? Continue a leitura!

1. Contrate um serviço de consultas ao SPC

O Serviço de Proteção ao Crédito, ou simplesmente SPC, é nada mais do que um sistema interligado a vários bancos e outros sistemas de análise de crédito. Os vários dados são cruzados e fornecem informações valiosas para os comerciantes.

No amplo rol de informações disponibilizadas pelo SPC estão: o número de CPF, o nome, o endereço e as dívidas atrasadas. Mas você sabe como utilizar esses dados para fazer uma análise de risco do seu cliente? Se a sua resposta foi não, nós te explicamos agora como isso funciona e por que é algo tão importante.

Em primeiro lugar, temos o fator da cautela a nosso favor quando uma venda é supervisionada pelos órgãos de análise de crédito. Imagine a seguinte situação: um cliente chega à sua loja e pretende fazer uma compra muito grande. Acontece que ele nunca realizou nenhuma outra negociação com a sua empresa, mas quer pagar a compra com cheques.

Ao fazer uma rápida busca no SPC com os dados desse cliente, é bem provável que você chegue à conclusão de que vale ou não a pena efetivar a venda. Entendeu a importância dessa prática? A precaução é uma grande aliada para vender com mais segurança.

2. Faça um seguro de cheques

O exemplo que demos anteriormente usando cheques não foi por acaso. É que essa opção de pagamento é uma das mais utilizadas. Em contrapartida, existe o problema da falsificação ou extravio das folhas de cheque. Além disso, há o famoso caso do “cheque sem fundo” — quando não há recursos para honrar o pagamento.

Esses motivos já são suficientes para que o seu comércio invista em um seguro de cheques. Com isso, você se protegerá de fraudes e situações estressantes que envolvem a cobrança de dívidas em atraso.

Existem diversos tipos de seguro. Você conseguirá encontrar uma opção acessível e que gere impactos positivos ao seu comércio. Não perca tempo!

3. Verifique o score de crédito do consumidor

O score é nada mais do que uma escala que engloba várias métricas e informações pessoais. Por exemplo, existem muitos scores que vão de 0 a 1000. Se um comprador possui uma pontuação baixa, é bem provável que as chances de não pagamento sejam maiores.

O score é um guia para o comerciante. Assim, ele pode definir se aquela venda é mais benéfica ou prejudicial ao seu empreendimento. Por isso, sempre avalie o score do seu consumidor antes de fechar alguma venda.

4. Confirme os dados cadastrais do consumidor

O Brasil aparece em inúmeras pesquisas como um dos países com maior número de estelionatários e de fraudes comerciais. E apostamos que você não quer ser vítima de um golpe, não é mesmo? Quando for realizar qualquer negociação, consulte um banco de dados a fim de verificar a idoneidade do seu cliente.

É muito comum que criminosos falsifiquem dados para realizarem compras em nome de terceiros. A famosa clonagem de cartões é apenas uma das artimanhas utilizadas por eles. Imagine a dor de cabeça e os problemas que a sua empresa pode passar ao efetivar uma compra em que houve uma fraude cadastral.

É bem melhor se precaver de situações embaraçosas. Logo, não deixe de verificar os dados cadastrais e as informações básicas dos seus compradores. Assim, você demonstra o profissionalismo do seu negócio e diminui as chances de fraude contra o seu empreendimento.

5. Invista em segurança digital

Você já deve saber que o processo de vendas foi diretamente impactado pelas novas tecnologias da web. Porém, não pense que somente os e-commerce e as lojas que atuam na internet fazem uso da segurança digital.

O seu negócio, mesmo que esteja offline, precisa dessa ferramenta. Os softwares de antivírus, por exemplo, ajudam a proteger a confidencialidade do seu banco de dados. Além disso, existem tecnologias capazes de detectar cartões de crédito falsos, evitando que você caia em fraudes.

Um exemplo bem comum que afligia comerciantes de todo o país é a falsificação de cédulas. Apesar de antigo, esse golpe demonstra como o seu negócio pode sofrer com a atuação de grupos criminosos.

Desse modo, é fundamental que a sua empresa esteja preparada para a era digital, fazendo o uso de bons softwares e sistemas que tornem as vendas mais seguras.

6. Treine a sua equipe para vender com segurança

Já é do pensamento popular que o constante treinamento leva à perfeição. Com a sua marca não é diferente. Como mencionamos na abertura deste artigo, o setor de vendas é um dos mais importantes — o que exige o aperfeiçoamento e a capacitação dos profissionais.

Nesse sentido, é fundamental que os seus colaboradores saibam utilizar as ferramentas de análise de crédito e estejam sempre atentos a possíveis fraudes. Por isso, organize oficinas internas de debate e especialização para tornar uma negociação segura e tranquila.

Agora que você já sabe um pouco mais de como vender com segurança, não se esqueça de aplicar as dicas no dia a dia da sua empresa. Uma negociação tranquila traz um retorno positivo para toda a sua equipe, além de beneficiar financeiramente o seu negócio.

Ao seguir essas recomendações, as chances de uma venda gerar problemas ou prejuízos serão bastante reduzidas. Quer ficar por dentro das últimas novidades aqui do blog? Então assine agora mesmo a nossa newsletter para não perder nenhum conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!