7 dicas para vender mais em qualquer época do ano!

7 dicas para vender mais em qualquer época do ano!

Vender em um ambiente competitivo, como é o mercado brasileiro, exige que o empreendedor se planeje. Um país de dimensões continentais também possui diversos públicos consumidores e fatores que podem impactar a performance de um negócio.

Vender mais, em qualquer época do ano, é um desafio nas mais diversas áreas. Ações para enfrentar a sazonalidade, as mudanças climáticas e as alterações no padrão de consumo (a exemplo dos segmentos de moda) revelam a importância do planejamento.

Neste artigo, vamos abordar 7 dicas fundamentais para você, empreendedor, vender ou ofertar os seus serviços em qualquer época do ano, inclusive nos períodos de férias. E aí, quer descobrir como melhorar o desempenho do seu negócio? Confira agora!

1. Faça promoções inovadoras

Nos períodos de férias, é comum que o lazer supere os gastos com as compras. Por isso, uma prática fundamental para vender mais é inovar nas suas campanhas promocionais. De investimentos em marketing à oferta de brindes, são exemplos de atitudes que cativam e conquistam possíveis clientes.

Os gestores devem fazer bom uso da criatividade para superar o receio e a possível restrição à compra. Invista em layouts capazes de despertar o interesse pela compra. Além disso, é importante que as promoções tenham um custo-benefício real e sejam proveitosas para ambas as partes: o comerciante e o cliente.

2. Crie novos produtos ou serviços

Um empreendedor sabe que flexibilidade é uma característica importantíssima para se adaptar a diferentes situações. Por isso, não deixe de avaliar novos produtos ou serviços que podem ser implementados à sua gama de oferta.

Imagine que você seja proprietário de uma sorveteria. Esse setor, tradicionalmente, enfrenta desafios para comercializar os seus produtos durante o período do inverno.

Então, pense que você pode passar a ofertar caldos e outros alimentos quentes durante essa época do ano. Ou seja, com essa mudança, você atingirá um novo público-alvo, aumentando consideravelmente as suas vendas sem deixar de lado o seu know how: comercializar sorvetes.

3. Realize um planejamento estratégico de vendas que anteceda períodos de queda

Planejar é sempre uma prática vitoriosa no campo dos negócios. Analisar um cenário futuro de perdas e retrações nas vendas é importante para saber lidar com os acontecimentos presentes nesse período, como, por exemplo, a demissão de funcionários.

Com isso, você conseguirá fazer uma análise global do seu empreendimento. Não se esqueça de documentar todas as etapas e processos para que outros funcionários também saibam como isso pode impactar no dia a dia da empresa. Faça perguntas para montar um plano estratégico:

  • Quais produtos/serviços concentram maior parte do meu faturamento?
  • Qual o perfil do cliente atendido, inclusive nos períodos de queda?
  • Qual o capital de giro disponível para momentos adversos?
  • Qual a receita mensal favorável ao desenvolvimento da empresa?

Assim, você poderá se precaver de cenários desafiadores, que podem colocar a perpetuação do seu negócio em risco.

4. Invista em marketing para vender mais

Desenvolvimento, vendas e crescimento são fatores intrinsecamente ligados ao marketing. Portanto, não tenha medo de alocar recursos para campanhas e estratégias de marketing no seu negócio.

Vamos retomar ao exemplo da sorveteria anterior: digamos que o proprietário resolveu mesmo vender outros produtos no verão. Porém, não houve divulgação nem a presença de campanhas de marketing para mostrar a novidade. Com isso, é esperado que os clientes continuem com o pensamento restrito de haver somente sorvetes, impactando negativamente na estratégia de vendas.

Percebeu a importância do marketing no negócio? Ele é fundamental para lidar com cenários de queda nas vendas e com a redução do movimento de fregueses. Pense, planeje e implemente campanhas, seja qual for o seu capital disponível. Há diversas formas de fazê-las.

5. Crie eventos atrativos para quem está de férias

O período de férias é marcado pela recreação e por atividades divertidas. Por isso, não deixe de realizar eventos que consigam atrair novos clientes para o seu empreendimento. Mas você deve estar pensando: “como aplicar essa prática no meu estabelecimento?” Essa é uma boa pergunta. Continue a leitura!

Entenda os eventos como uma campanha de atração. Não é exigido que uma atividade de grande porte seja feita no seu comércio. Práticas simples, como oferecer atividades de avaliação física em uma farmácia ou degustações em lojas de alimentos demonstram como essa interação pode convergir para mais vendas.

Desse modo, use a criatividade, mas não esqueça os custos, na hora de elaborar campanhas atrativas.

6. Faça as famosas queimas de estoque

O período de férias, principalmente em dezembro, é marcado pelos saldões e pelas ofertas relâmpago. E qual é a finalidade dessas campanhas? A fundamental é realizar o esvaziamento dos estoques, pois eles podem ser bastante onerosos ao seu negócio.

Analise produtos que são pouco comercializados e faça ofertas que, mesmo assim, não sacrifiquem as suas margens operacionais. Além disso, é importante que uma boa divulgação seja feita nos mais diversos veículos de comunicação. Também use cores chamativas e vitrines — caso sua empresa possua — que ressaltem as ofertas.

Pense, ainda, no prazo de validade das campanhas de queima de estoque. É preciso que elas tenham data de início, meio e fim delimitadas. A sensação de que aquela oferta não pode ser perdida é um dos impulsionadores da compra no cliente. Se o período for muito extenso, é provável que o senso de imediatismo seja deixado de lado por ele.

7. Preze por um bom atendimento

É de conhecimento popular que um bom atendimento é fundamental para qualquer atividade comercial. Por isso, sua equipe de vendas deve estar preparada e, principalmente, treinada para lidar com os mais diversos padrões de clientes.

Um atendimento ágil, gentil e assertivo pode fazer com que a taxa de conversão de clientes em compras efetivadas torne-se maior nos períodos em que o fluxo de pessoas diminui. Capacitação é a palavra-chave para treinar um grupo de funcionários efetivo que, por consequência, gera mais vendas.

Promover ações e estratégias são práticas fundamentais para lidar com os cenários de férias ou qualquer outro de retração do consumo. Logo, ser empreendedor é estar pronto para enfrentar desafios e situações adversas.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre como é importante adotar um planejamento estratégico para vender mais, não esqueça de seguir as nossas redes sociais. Estamos no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nada?
Então faça o seu cadastro!

Prometemos não enviar spam!